Crítica | A Incrível História de Adeline


A Incrível História de Adeline levou inúmeras pessoas ao cinema de todo o país, e praticamente, se não todas elas, ficaram maravilhadas com essa história realmente incrível de uma mulher que sofreu um acidente e por isso não envelheceu.

Adeline era uma mulher comum, levava uma vida típica de sua época até que um dia enquanto estava indo até a casa de sua mãe ela sofreu um acidente em meio a tempestade, e um raio caiu sobre ela, isso causou uma alteração em seu organismo e ela simplesmente parou de envelhecer.

Como já estamos acostumados, sabemos que o governo jamais pode saber desse tipo de coisa, pois ao invés de ajudar, eles sempre querem fazer inúmeros testes pra saber como aquilo foi possível, e assim acabam privando a pessoa de viver uma vida comum.

Adeline dedicou boa parte de sua vida a procura de respostas em relação ao que havia acontecido a ela, mas como nunca foi capaz de encontrar, porque aquilo nunca havia acontecido, ela decidiu se mudar sempre a cada dez anos, para assim ninguém nunca perceber que sua aparência continuava a mesma de quando tinha 27 anos.

Esse filme pode até se passar por ficção científica se pararmos para pensar na condição de Adeline, porém a história dela é bem mais que isso. Adeline é daquelas mulheres que cativam qualquer um que pare para olhá-la apenas por um momento.

Alem de emocionante, o maior trunfo de tudo isso é que Adeline, diferente de muitas pessoas que vivem atualmente, ela queria envelhecer, só isso. Parar de ver as pessoas que ama partindo e viver uma vida normal sem toda essa loucura.

Adeline é uma personagem inesquecível, daquelas que queremos colocar no bolso e levar embora apenas para nós mesmos. Um história realmente incrível, cativante e maravilhosa, uma história que todos deveriam ver apenas para saber o quanto o amor é capaz de mudar vidas.


Share this:

Postar um comentário

 
Copyright © Free Time. Designed by OddThemes