Resenha | Matéria Escura - Blake Crouch

 

Esse livro foi uma cortesia da Editora Intrínseca.

E se você pudesse escolher uma versão de você, qual você escolheria?

Jason Dessen é um físico nuclear e professor em uma universidade. Sua vida é simples, não existe nada de excepcional nela. Pai de um adolescente e caso com uma artista ele vive todos os dias com a dúvida.

Quinze anos atrás, Daniela, na época, namorada de Jason, apareceu grávida, e ali ele precisou tomar uma decisão.  Ficar com ela e assumir aquele filho ou seguir em frente com sua carreira e se tornar um físico de sucesso.

Naquele momento, após decidir que ficar com Daniela, em um multiverso, uma nova versão de si mesmo foi criada. Essa sua versão deixou Dani para trás e seguiu com seu sonho, e o mais importante, conseguiu criar uma porta que leva você para vários mundos no multiverso.

Acho que tudo se resume a querer o que não tive. Aquilo que poderia ter tido se tivesse feito outras escolhas.

Quando li as críticas sobre o livro, fiquei fascinada com a premissa dele, afinal como seria minha vida se naquele dia eu tivesse virado a direita ao invés da esquerda, ou se eu tivesse aceitado aquele emprego?

Blake Crouch criou uma trama capaz de prender as mentes mais dispersas, e de deixar os corações mais calmos em desespero.

Nosso protagonista é sequestrado logo no início por alguém com máscara de gueixa, esse alguém o coloca em uma caixa, enquanto Jason está muito dopado. Ao acordar ele se vê em um laboratório, onde todos o conhecem, mas ele não conhece ninguém.

Depois de um tempo nesse mundo que ele sabe não pertencer a ele tudo começa a se encaixar. Seu outro eu conseguiu alcançar o seu objetivo e isso significa que ele está em outro mundo, enquanto seu outro eu assumiu o seu lugar.

Estamos apenas vagando através da tundra de nossa existência, atribuindo valor ao inútil, quando tudo que amamos e odiamos, tudo em que acreditamos e pelo que lutamos e morremos é tão sem sentido quanto imagens projetadas sobre acrílico.

Cheio de surpresas o livro não para um segundo, e você sempre irá se perguntar o que vai acontecer depois, se ele consegue, ou se em algum momento aquilo não vai passar de uma queda para o abismo.

Um thriller sci-fi que vai deixar fascinado, um livro que vai superar as expectativas de muitos, uma obra que vai saciar corações que a muito não leem uma obra tão bem desenvolvida. Algo tão diferente e ao mesmo tempo real que você vai se perguntar que aquilo realmente pode acontecer.


Enquanto você lê essa resenha, outro eu seu pode ter seguido outro caminho, e trilhado outra vida. Então, você quer descobrir?


Share this:

10 comentários :

  1. Eu já tinha lido uma resenha desse livro, mas fiquei bem confusa com a explicação da pessoa e acabei não entendo nada. Mas desta vez, tudo ficou bem explicado e agora só consigo pensar no quanto eu preciso ler essa obra, que pra mim, é genial.

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Vc não vai acreditar mas estou lendo No fundo dos seus olhos de Dean Koontz que tem algo assim mais ou menos vidas alternativas, paralelas! Eu amei a ideia desse livro Matéria Escura e depois vo procurar ler com certeza!

    ResponderExcluir
  3. Que fantástico!!! Adorei e vou querer ler. Ano passado eu li O Mundo Pós-Aniversário, da Lionel Shriver, e ele também mostra o viés das vidas dos personagens em duas perspectivas. Muito legal.

    ResponderExcluir
  4. Uau! Que história mais rica e inteligente, né? A editora é maravilhosa também! Gosto muito. Costumo dizer que alguns livros eu quero, mas outros eu preciso. Amei muita coisa!

    ResponderExcluir
  5. Eu já gostei do livro pelo título e pela capa, mas o enredo é genial, é a primeira resenha que vejo, bem como é a primeira vez que vejo o livro, logo, não li nenhuma crítica. Não tenho dúvidas, preciso conhecer a obra ^^

    ResponderExcluir
  6. Olá !!! Achei interessante a obra e a temática. Acredito que essa leitura vale super a pena. Espero ter oportunidade em breve. Ótima sua resenha !!! parabéns !!!
    bjooooooo

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem? Confesso que não sou muito fã de thrillers, mas o marketing em massa da editora me deixou mega curiosa para lê-lo. Espero também me surpreender e adorar como você. Ótima resenha!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Nossa, eu não conhecia o livro e quando vi a capa me desanimei com a leitura, mas ao ler a sua resenha eu fiquei curiosa e espero ler para ver se gosto, pois me pareceu ser uma obra que me agradaria.

    ResponderExcluir
  9. Oi, não conhecia a obra e gostei bastante da resenha...parabéns!
    Gosto do genero e acredito que iria curtir a leitura.

    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Muuuito ''Efeito Borboleta''. Adoro! Tava afim de ler quando vi o lançamento, mas agora quero ainda mais. Haja dinheiro.

    ResponderExcluir

 
Copyright © Free Time. Designed by OddThemes