Resenha: O Senhor da Chuva - André Vianco




Oi oi gente, ontem terminei de ler O Senhor da Chuva. Foi indicação da minha irmã que é simplesmente apaixonada pelas histórias do André Vianco, então eu, fã de Stephen King decidi que ele merecia uma chance e mergulhei no mundo do anjo Thal.
Thal é um anjo da luz que em determinada noite presencia uma negociação entre traficantes. Thal estava vigiando sua protegida, mas o cheiro de enxofre chamou sua atenção e ele foi até o apartamento de onde emanava aquele odor extremamente desagradável. Chegando lá presenciou a transação, e viu que haviam anjos infernais no local, logo tentou interver, mas ele não tinha o direito, não podia intervir, mas ainda assim o fez, e isso gerou toda a história que se passa no livro.

"Meu nome é Anatã! Lutarei até a morte! E juro por meu Pai de Luz, meu Deus, que levarei mais de vinte de vocês comigo!"

Um dos negociantes chamava-se Gregório, e a pouco havia recebido um pedido que lhe traria dinheiro suficiente para voltar a sua terra natal, ele queria a droga para fazer a venda e pagar logo depois, o que não deu muito certo. Gregório vai até o ponto de encontro levando nove quilos de cocaína ou ao menos os compradores acreditam nisso. Dois dos pacotes entregues por Gregório contém maizena, e não demora muito até os compradores perceberem. 
A perseguição a Gregório começa, enquanto Thal luta contra os cães infernais a fim de que ele não façam nada contra Gregório, que deu como garantia de pagamento o seu amigo Rennan. Mas Thal e Gregório não se dão muito bem em suas respectivas batalhas, e o anjo Thal pouco antes do fim, se prende ao corpo de Gregório, o que deixa o demônios livres para começar uma guerra.

"Vampiros são homens que perderam a alma para algum demônio. Não são bons nem maus: são seduzíveis pelas entidades. Tornam-se poderosíssimos quando não se autodestroem durante o aprendizado, a iniciação. Quando têm mais de cem anos, tornam-se praticamente imortais. Monstros. Monstros que bebem sangue. Conhecedores de dois mil truques ilegais. Príncipes da Escuridão. Semiindestrutíveis. Para a sorte dos mortais, ainda hoje existem algumas regras que jamais mudarão. Uma delas: o Sol."

A história é cheia de ação do começo ao fim, é impossível parar de ler porque você se encontra em meio a inúmeras batalhas. A Batalha Negra entre anjos e demônios é simplesmente incrível e com uma riqueza de detalhes que deixa nosso coração palpitando de tanta empolgação. Minha irmã me convenceu, lerei mais títulos do autor que é considerado o melhor nesse gênero no Brasil.

Share this:

Um comentário :

  1. Fico feliz que tenha gostado!!! Andre Vianco é meu autor brasileiro preferido ha anos!!!! Aprecie mais obras dele!!! Te amo mana!!!!

    ResponderExcluir

 
Copyright © Free Time. Designed by OddThemes