Angel's Journal - Suicídio


Quem nunca soube de alguém que decidiu que o fim de sua vida seria melhor que continuá-la? Quem nunca pediu a alguém que ama pra tirar essa ideia da cabeça? Quem nunca quis desistir de tudo porque nada mais parecia valer à pena?
Fazem alguns minutos que eu discutia esse assunto entre colegas de trabalho e cada um dele tinha sua opinião o que é normal e totalmente aceito quando falamos em sociedade. Mas uma opinião me deixou um pouco irritada, creio que pela falta de conhecimento, e o tempo fez com que sua opinião se tornasse tão deturpada.
Eis aqui a opinião que ouvi "suicidas são pessoas fracas que decidem escutar pessoas que não importam, que não escutam os pais e que vão queimar no inferno pra sempre." Ok, poderia ter permanecido calada, mas não...quis violar minha sanidade mental falando isso. Então foi o motivo de eu ter vindo até aqui hoje falar sobre isso pra vocês. Até porque alguém ai pode pensar que nem ela, e se você pensa assim você está estupidamente errado ou errada tanto faz.

"Ela respirou fundo e então sussurrou 'eu não aguento mais'"

Recentemente um rapaz tentou cometer suicídio na cidade onde moro e eu, até então, não sabia do ocorrido, mas como todo mundo ama espalhar uma fofoca ruim eu fiquei sabendo bem rápido. A surpresa foi saber que as pessoas que estavam presentes gritaram "pula!".

Preciso dizer que esse era objetivo dele quando ele subiu na ponte? Não! Então pra que mandar ele pular? Porque não ir até ele e tentar acalmar o coração dele que, com toda certeza já não tinha mais nada além de dor?

Muitas pessoas pensam que assassino é só aquele cara que mata alguém com as próprias mãos. Sinto-lhes informar que cada pessoa que gritou "pula" matou aquele rapaz, ele só precisava de alguém que o escutasse, que lhe desse a mão e não que lhe empurrasse da ponte.

" E a pior parte sobre ter que ir ao psicólogo é que você sabe que precisa pagar alguém pra te ouvir porque ninguém mais quer realmente fazer isso"

A única coisa que eu preciso, é que vocês entendam que sorriso não é sinônimo de felicidade, e que pessoas são frágeis demais pra você se atrever a falar algo que destrua o que ainda a sustenta de pé. Todos precisamos entender que a pessoa não desiste da vida por motivos fúteis, elas desistem por causa de pessoas que gritam "pula" ao invés de lhe estender a mão, elas desistem porque quando elas pedem ajuda ninguém é capaz de enxergar.

Então, peço de todo o meu coração, quando alguém lhe confidenciar que pretende cometer um suicídio ajude-a com sua alma, com toda a força e todo o amor que ainda existe dentro de você. E lembre-se a maioria pede socorro em silêncio, gritam com a alma enquanto o pouco que ainda lhe resta a mantém viva.
Seja alguém que devolve a vida, e não aquele alguém que grita "pula".!

Share this:

3 comentários :

  1. Adorei o texto, Angélica, principalmente o final, quando você diz que as pessoas são frágeis demais para alguém se atrever a comentar algo forte e que o destrua! A gente tem que ter muito cuidado com as nossas palavras e nunca, nunca mesmo julgar quem escolheu o suicídio! Julgar é fácil, mas estar lá com a pessoa quando ela mais precisa, isso é muito difícil hoje em dia :/ Bjo!

    www.bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E esse assunto é o que mais mexe comigo, não sei porque, mas creio que parte da culpa deve-se a leitura de "Os 13 Porquês", que me mostrou que nunca sabemos o que realmente aconteceu a alguém pra ela ter decidido chegar tão longe.
      Beijos :*

      Excluir
  2. Angel!!!Adorei! Fiquei completamente comovida!

    "Seja alguém que devolve a vida, e não aquele alguém que grita "pula".!

    ResponderExcluir

 
Copyright © Free Time. Designed by OddThemes