Crítica | The Evil Within

Oi gente, como tinha dito no post que fiz para falar sobre The EvilWithin que quando finalizasse iria fazer um post só para falar como é o jogo, então cá estou eu novamente para falar sobre esse jogo agora finalizado.

Bom eu tive o prazer de finalizar esse jogo no domingo quase às 22h e meu Deus que jogo. A moda do momento como todos sabem é o thriller então não poderia faltar nesse ambiente que são os jogos, eu como já tinha comentado queria muito jogar esse jogo e tive o prazer de ganhar e assim jogar.

The EvilWithin é o jogo que fez com que Shinji Mikami, criador do famoso jogo ResidentEvil, voltasse a essência do terror que tinha em seus primeiros jogos. Todos se lembram do primeiro Resident que era só um zumbi vindo em câmera lenta em sua direção e assim mesmo você morria de medo, e The EvilWithin trás essa pegada pra deixar qualquer marmanjo morrendo de medo. Contarei assim por alto como o jogo é e tentarei ao máximo não dá spoiler para aqueles gamer’s que ainda não tiveram o prazer de jogar essa perfeição.


The EvilWithin conta a estória do detetive Sebastian Castellanos que já aparece no começo do jogo dentro de uma viatura com outros detetives, esses são Joseph e Kidman, no caso seus parceiros que são chamados para ir ao Hospital Mental Beacon onde coisas estranhas estavam acontecendo, por assim dizer. Após chegar ao hospital os detetives se deparam com um massacre onde vários pacientes e enfermeiros foram mortos por algo até o momento desconhecido para todos.

Dentro do hospital os detetives Sebastian e Joseph encontram um sobrevivente e tentam conversar com ele, mas quando Sebastian olha nas câmeras de vigilância para ver os outros alas do hospital se depara com algo fora do normal. Imagine a reação do Detetive Sebastian quando vê três dos policias que tinham para a ocorrência no manicômio e quando de repente aparece um homem uma roupa branca toda rasgada e com cicatrizes no rosto que aparece de repente na frente dos policiais e mata cada um no piscar dos olhos. Sim, foi algo muito estranho e Sebastian não acreditou no que seus olhos viram nas telas, mas de repente quando olha para trás vê o homem de branco na sua frente e bum ele fica inconsciente.


Conseguem imaginar minha reação jogando? Não, pois é, nem eu consigo. Até agora não consigo entender como consegui finalizar esse jogo. Como já falei para vocês todo jogo que tenho é costume jogar na maior dificuldade, e a Survive com certeza é a pior de todas. Em certos momentos era necessário me esconder e ficar minutos olhando a rota dos zumbis (sim meus caros, Shinji Mikami trouxe os zumbis para os jogos de novo só que de um jeito mais macabro) para poder matar do jeito furtivo.

Não posso contar muito do jogo porque se não será spoiler e bom o que posso falar a mais sobre a historia que se passa é que o jogador deve prestar atenção em cada detalhe desde o primeiro momento na viatura policial onde a equipe de Sebastian esta indo para o Hospital Mental Beacon até o primeiro momento dentro do Espelho, explorem tudo dentro do espelho quem sabe assim você consegue entender mais desse jogo porque ele é um grande mistério que muitos gamer’s já imaginam varias teorias e como eu também sou gamer tenho a minha que pude adquirir assim que finalizei essa obra do terror

Então é isso galera espero que vocês tenham gostado do pouco que trouxe para vocês de The EvilWithin e espero que possam jogar também esse jogo porque é um dos que recomendo para vocês saibam que não iram se arrepender. E pra quem jogou diz ai nos comentários qual a sua teoria do jogo, mas avisa antes que é spoiler para quem não jogou não ler ta legal. Obrigada e logo, logo trarei mais sobre novos jogos para vocês.

Share this:

Postar um comentário

 
Copyright © Free Time. Designed by OddThemes