Crítica | Penny Dreadful, 2ª Temporada


Desde do início, Penny Dreadful tem sido uma surpresa agradável aos fãs dos clássicos de terror. Com todos os seus personagens emblemáticos, ela se torna cada vez mais aclamada por todos sem perder o ritmo que impôs desde o primeiro episódio.

Sempre existe aquele receio que a série perca a qualidade com o passar das temporadas, mas no caso de Penny Dreadful, se continuar no ritmo das duas primeiras até o fim, com certeza terá sido uma das melhores séries de terror que já foi ao ar nos últimos anos.

Nessa segunda temporada Vanessa Ives se torna definitivamente a protagonista e dessa vez sendo perseguida por bruxas que desejam entregar sua alma ao demônio. 

Eva Green vem fazendo um trabalho excepcional na série, sua atuação tem sido excelente e tem deixado qualquer um de queixo caído com as mudanças de humor e atitudes tomadas pela sua personagem.

Já Ethan Chandler personagem de Josh Hartnett também conseguiu seu lugar, mostrando do que é capaz pra manter Vanessa sempre a salvo, e se mostrando muitas vezes a maior chance de vida pra Vanessa.

Enfim, Penny Dreadful vem se superando e mantendo um ritmo maravilhoso na trama e deixando n´s fãs cada vez mais ansiosos por uma próxima temporada.

Share this:

Postar um comentário

 
Copyright © Free Time. Designed by OddThemes