Crítica | Sumer Wars




































Summer Wars conta a estória de Koiso Kenji, um colegial prodígio de matemática que trabalha em OZ, mundo virtual que conecta todos juntos para jogar; trabalhar; pagar contas; expandir suas empresas e até controlar coisas da rotina de todos como os sinais de transito ou até mesmo a rotina dos bombeiros.
A estória começa explicando um pouco sobre OZ e como novas pessoas no mundo virtual podem criar seus avatares como bem desejarem, Koise Kenji trabalha em uma das empresas que criaram negócios em OZ afim de expandir mais seus interesses. Certo dia de trabalho normal para Kenji a menina mais popular e também a mais linda, Shinohara Natsuki vai ate sua sala e tenta convencer entre ele ou seu amigo para estagiar com ela nessas férias no fim quem é escolhido é Kenji e ele resolve trabalhar nesse estagio, mas o que ele não sabe é que não é um estagio de verdade e sim uma encenação de Natsuki para sua avó que está completando seus 90º anos e para toda sua família ao qual ela afirma que Kenji é seu noivo.
Kenji decide aceitar essa encenação de Natsuki para que ela não se passe por mentirosa, quando chega a noite e Kenji recebe um e-mail um tanto esquisito com vários números, mas ele não desconfia de nada e pensa que é uma questão de matemática e por isso ele resolve responder os números e assim enviar um e-mail de retorno com a resposta para todos aqueles números, o que Kenji não sabe é que aquele e-mail que ele respondeu era uma chave que tinha que ser respondida e essa chave era a chave que dava acesso a toda OZ fazendo com quem quer que tenha conseguido hackear seja o ser mais poderoso da Terra.
Kenji é dado como um criminoso hackear que estava causando confusão em todos os cantos, no decorrer da estória Kenji junto com seu amigo, Natsuki e o famoso jogador “King” descobrem que ele foi enganado e que sua conta agora Hackeada está com uma inteligência artificial (AI) que tem como o maior objetivo jogar, isso mesmo ele só quer jogar e ganhar todos os jogos.


Summer Wars é um filme muito bom que mostra como a tecnologia deixa a pessoa muito dependente e ate nos prende sem percebermos, um filme que vale muito a pena assistir se você é fã da cultura japonesa ou se você é só um curioso que quer saber como termina essa estória. 

Share this:

Postar um comentário

 
Copyright © Free Time. Designed by OddThemes