Crítica | Orphan Black - 3ª Temporada


A cada temporada finalizada Orphan Black conquista mais fãs. A história de ficção científica e cheia de clones, não deixa a desejar em nada se comparada a outras tramas que tem como base o mesmo tema.

Tatiana Maslany vem se superando a cada temporada, e é através dela que a série vem entrando cada vez mais em ascensão, desde o início quando Sarah Manning assumiu a identidade de Bett na primeira temporada, até agora quando Sarah não para de lutar pela sua liberdade e de suas irmãs.

Nessa terceira temporada tudo gira em torno dos projetos Castor e LEDA, lutando uns contra os outros. LEDA para descobrir mais sobre o projeto Castor, e Castor sendo usado para experimentos militares.

No decorrer da temporada nos despedimos momentaneamente de Delphine, nova líder da LEDA, depois de Rachel sofreu um “acidente”. Delphine viaja para tentar resolver todos os problemas pendentes deixados por Rachel, e acaba deixando Cosima entre a vida e a morte.

Sarah mais uma vez faz de tudo para descobrir onde tudo isso termina, ao mesmo tempo em que tenta proteger Alison e Cosima, além de sua própria filha, que vive em constante perseguição por ser uma anomalia genética.

Quando Delphine retorna tudo se torna muito mais interessante, pois depois que assumiu a liderança de LEDA, Delphine se tornou um personagem muito desagradável. Em certos momentos eu a amava e em outros eu queria que ela sumisse, e foi assim no decorrer de toda a temporada.

Enfim, o desenrolar dessa terceira temporada foi muito bom, em nenhum momento se tornou cansativa, e os produtores estão sabendo muito bem guiar essa trama, e está tornando-a uma das melhores séries em exibição no momento.

Essa terceira temporada foi de longe a melhor até agora, com todo o amadurecimento de Sarah, a luta pela vida de Cosima e o núcleo cômico de Alison. Mas como sempre os produtores tendem a nos deixar extremamente ansiosos com as season finale, e dessa vez não foi diferente, só resta esperar e torcer pra que todas as teorias sejam verdadeiras.

Veja o trailer:

Share this:

Postar um comentário

 
Copyright © Free Time. Designed by OddThemes