Review | American Horror Story Hotel - Checking In


Ansiedade é palavra que mais se encaixa pra expectativa em relação ao primeiro episódio dessa quarta temporada de American Horros Story. Sempre colocamos nossas expectativas lá em cima em relação ao que possa vir em uma nova temporada. Algumas vezes nossas expectativas são superadas, como em Asylum, e ouras são decepcionantes como Coven.

Além de ter todo aquele mistério acerca do que pode acontecer ali, o fato de Lady Gaga fazer parte do elenco deixou muita gente ansiosa, mas ainda não podemos falar muito da atuação de Gaga por esse primeiro episódio, afinal a temporada mal começou.

Nada melhor que começarmos a temporada conhecendo o cenário onde todas as coisas mais macabras irão acontecer, o hotel. Duas garotas acabam de chegar para visitar o país e decidem se hospedar no hotel. Elas são super bem recebidas e logo são encaminhadas ao "único" quarto disponível. As duas estão empolgadas em visitar o país, mais logo percebem que o tratamento dado pelos americanos pode não ser tão agradável.

Já no quarto elas pedem um balde de gelo, mas para sua surpresa elas mesmas precisam ir pegar o gelo, e na caminhada até lá uma criança acaba aparecendo e fica encarando uma das hóspedes, ela não entende o que está acontecendo, e quando olha para o outro lado do corredor lá está outra criança, praticamente igual a outra, Quando ela olha novamente para o outro lado, ambas as crianças desapareceram.

Ela volta para o quarto e sua colega diz está sentindo um cheiro de algo podre dentro do quarto, enquanto a outra diz não estar sentindo o cheiro de nada. Segundos depois ela percebe que o cheiro está vindo da cama, e logo as duas retiram a colcha, e descobrem que o colchão está costurado, e logo uma delas começa a cortar as costuras, mas o que sai de dentro do colchão é aterrorizante.


Não sei vocês, mas se eu estivesse me um hotel onde uma criatura dessas sai de dentro de um colhão eu iria embora sem levar nada. Mas claro que elas permaneceram por lá, ainda tentando entender o que aconteceu.

Para um melhor comodidade elas foram transferidas para o quarto 64, que pelo visto será o principal quarto do hotel, e acreditem se quiser, mas elas conseguiram dormir no quarto. Mas sonhos não são esperados em American Horror Story, por isso, quando uma delas acorda e se depara com uma criança sugando o sangue da outra é bem compreensível que ela grite.

Vamos falar sobre Lady Gaga, primeira cena já traz a loira cheirando cocaína com uma vontade assustadora. Logo depois ela sai pra um passeio com seu escudeiro e acaba conseguindo levar um casal para o hotel.

Cena mais comentada da semana claro, afinal não podíamos esperar menos dessa mulher. Estava tudo indo muito bem até que começa o banho de sangue típico de AHS, e a cena mais comentada da semana, se torna a cena de sexo sangrento mais comentada da semana.

Em outro lugar da série também existe um policial casado mas com o casamento quase destruído, Anos atrás quando estava em um parque de diversões com sua família ele perdeu seu filho, ficando apenas com a filha. Sua esposa finge perdoá-lo, mas o trata de forma nada delicada.

Lembram das garotas do início do episódio? Então, elas estão sendo super bem tratadas pela recepcionista que estava quase fazendo-as tomar um suco de órgãos, até que a rainha chega. Que rainha? Bom, Sara Poulson é a rainha de AHS, e mais uma vez está calando a boca de muita gente com sua atuação.

Já no final do episódio um homem chega ao hotel com seu filho, dizendo que ele será o novo proprietário e que está ali para conhecer as instalações, mas ninguém sabe do que ele está falando, inclusive a atual dona do hotel, que com toda sua dedicação, acaba levando o filho do tal comprador para conhecer as outras crianças do hotel.

Queria encerrar a review com a cena mais divertida de todas. Quando uma das garotas consegue fugir do cativeiro mas antes de chegar a porta do hotel esbarra com sua a sua dona, que nem pisca pra usar sua unha gigante.

Até o próximo episódio, e bons pesadelos.

Share this:

Postar um comentário

 
Copyright © Free Time. Designed by OddThemes